SAÚDE

Tratamento Inédito contra HPV já está disponível para pacientes.

Lançamento no Brasil, solução inovadora já se tornou a primeira opção entre os profissionais da área médica.

Por Fernando Domingues, São Paulo, Brasil
Publicado em: 24/09/2020 09h23

Com a grande demanda de pacientes que buscam por alternativas para tratar o HPV (Human Papilomavirus) – doença que afeta mais da metade da população brasileira, de acordo com os dados do Ministério da Saúde – chega ao Brasil um novo conceito de tratamento.

Descoberto há muitos anos, o Ácido Glicirrínico é um princípio ativo extraído da raiz do alcaçuz, que ficou conhecido por oferecer um excelente efeito imunomodulador (aumento da imunidade local, auxiliando o organismo a eliminar verrugas) e efeito antiproliferativo (parada do crescimento de células, verrugas por exemplo).

Recentemente este poderoso componente se tornou ainda mais eficaz através de uma tecnologia denominada GliziMat exclusiva do fabricante, que potencializa os efeitos do Ácido Glicirrínico e oferece ao paciente um tratamento muito mais rápido e eficiente.

Assim, uma das maiores vantagens do Ácido Glicirrínico GliziMat é a sua capacidade de acelerar a eliminação do vírus e dos sintomas da doença, como os condilomas e as verrugas (conhecidos também popularmente por crista de galo).

Outra grande vantagem, é que este tratamento pode ser aplicado pelo próprio paciente, sendo totalmente livre de efeitos colaterais, uma vez que não causa ardência, queimação ou coceiras.

A aplicação é simples e deve ser realizada nos pontos onde as lesões estão presentes como o pênis, saco escrotal, ânus, vagina, vulva e até mesmo o colo do útero.

Além disso, o Ácido Glicirrínico Ativado pode ser utilizado em conjunto com outros tratamentos, promovendo uma grande melhora dos sintomas desde as primeiras aplicações.

Onde encontrar o Ácido Glicirrínico Ativado?

No Brasil, o Ácido Glicirrínico Ativado é encontrado através de uma solução em forma de Spray chamada Glizirrin.

Desenvolvido pela Unica Pharmaceuticals – laboratório Hispano-Brasileiro, com mais de 10 anos de experiência e presença em mais de 10 países – o Glizirrin já ajudou milhares de pacientes por todo o mundo.

Para comprovar a sua alta eficácia, foram realizados diversos estudos clínicos por centros de pesquisas, com pacientes que possuem diferentes níveis de HPV. O resultado desses estudos você pode conferir clicando aqui.

Aprovado pelos principais órgãos regulamentadores do mundo, como FDA, Anvisa e European Medicine, o Acido Glicirrínico presente no Glizirrin se tornou a primeira opção de tratamento contra o HPV pelos profissionais da saúde.

De acordo com os pacientes que já utilizaram o produto, os efeitos do tratamento foram muito satisfatórios, uma vez que eliminou as lesões provocadas pelo vírus de forma muito rápida e eficaz.

Atualmente, o Glizirrin é comercializado em mais de 10 países, e oferece aos pacientes diagnosticados com a doença uma nova opção de tratamento, totalmente inovadora e revolucionária.

Portanto, se você quiser saber mais sobre esse excelente tratamento que chegou recentemente ao mercado brasileiro, visite o site oficial do produto, clicando aqui.

Como potencializar o tratamento contra o HPV

O tratamento do HPV consiste não apenas na eliminação das verrugas, mas também no fortalecimento do sistema imunológico, o que auxiliará a diminuir gradualmente a quantidade de vírus no organismo, até que este desapareça completamente.

Esta é a única maneira de se curar totalmente, uma vez que, se você não cuidar da sua imunidade, as verrugas podem reaparecer.

Para ajudar a enteder os tratamentos disponíveis no mercado, fizemos um comparativo com os principais tratamentos utilizados pelos médicos, e com certeza irá ajudar na sua decisão, basta clicar aqui e conferir a matéria completa.

LEIA OUTROS ARTIGOS

Conheça os três melhores tratamentos contra os sintomas do HPV

Confira as melhores opções de tratamento para eliminar as verrugas genitais e aumentar a imunidade local.

© Copyright 2000-2020 Midia Phar. Todos os Direitos Reservados.